No menu items!
24.7 C
São Paulo
segunda-feira, 22 julho, 2024

Paulistanos doam 58 toneladas de alimentos junto ao programa Cidade Solidária

Parceria com APAS possibilitou 102 pontos de coletas em supermercados da cidade entre maio e setembro


A Prefeitura de São Paulo, em parceria com a Associação Paulista de Supermercados (APAS), lançou, em maio, o Programa Cidade Solidária, programa voltado à doação de alimentos para pessoas em situação de vulnerabilidade.

As arrecadações se encerraram no último sábado (4), registrando ao todo 58 toneladas de alimentos doados em 102 pontos de coletas em diversos supermercados, valor é equivalente a 5.689 cestas básicas com uma média de mais de 500 quilos de alimentos por ponto de coleta.

“Isso demonstra como a população de São Paulo, mesmo enfrentando a crise econômica agravada pela covid-19, se preocupa com aqueles que têm menos recursos. Mostra uma São Paulo mais humana, mais solidária”, afirma a secretária Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC), Claudia Carletto.

Durante todo o período de pandemia da Covid-19, o Programa Cidade Solidária já doou mais de 5 milhões de cestas básicas e 1,3 milhão de kits de higiene em todas as regiões da capital, já as arrecadações feitas em parceria com a APAS e outras entidades representam cerca de 10% desse total.

Para você que gostaria de fazer doações, o Cidade Solidária está com 21 pontos de arrecadações, sendo 20 postos de coleta em equipamentos da SMDHC e o galpão da Cruz Vermelha de São Paulo. Também são aceitas doações em dinheiro via pix.

Os interessados podem fazer doações nos 21 postos de coleta ou em dinheiro, para um fundo que viabilizará a aquisição de cestas. Pelo PIX, por meio da chave: [email protected]

Por transferência bancária, os dados são:
PMSP/SMDU-Cidade Solidária
CNPJ: 46.395.000/0001-39
Banco do Brasil
Agência 1897-X
C/C 2020-6

Postos de doação do Cidade Solidária:
A lista completa com endereços e horários de funcionamento pode ser consultada em: https://www.spcidadesolidaria.org/

Cidade Solidária

Com a situação de emergência no município declarada em abril de 2020 em função da pandemia da covid-19, a Prefeitura de São Paulo lançou o Cidade Solidária, com a finalidade de empreender ações coordenadas entre o poder público e a sociedade civil organizada para ajuda humanitária, buscando garantir a segurança alimentar e a saúde básica de pessoas mais carentes.

- Patrocinado -

Últimas

Com ritmo atual, universalização do saneamento ocorrerá em 2070

São 37 anos de atraso em relação ao marco...

Governo de São Paulo lança campanha para reduzir mortes de pedestres

Campanha educativa com o filósofo e professor Clóvis de...

Festival do Japão atrai 200 mil pessoas em São Paulo

Evento contou com apresentações, comidas típicos e produtos artesanais No...

Com ritmo atual, universalização do saneamento ocorrerá em 2070

São 37 anos de atraso em relação ao marco legal brasileiro Pesquisa do Instituto Trata Brasil, divulgada na segunda-feira (15), mostra que a universalização do...

Governo de São Paulo lança campanha para reduzir mortes de pedestres

Campanha educativa com o filósofo e professor Clóvis de Barros Filho destaca a importância do respeito à faixa de segurança Nos últimos cinco anos, 33.531...

Festival do Japão atrai 200 mil pessoas em São Paulo

Evento contou com apresentações, comidas típicos e produtos artesanais No segundo final de semana de julho, mais de 200 mil pessoas visitaram o 25º Festival...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui