No menu items!
19.2 C
São Paulo
terça-feira, 21 maio, 2024

Inscrições abertas para o programa Sampa+Rural que incentiva agricultores da capital paulista

Os aprovados ganharão auxílio de R$ 30 mil para fomentar agricultura sustentável


A Prefeitura de São Paulo, através do programa Sampa+Rural – Acelerando Hortas, está impulsionando produções agrícolas na capital e fomentando o agricultor da cidade grande.

O objetivo do programa é fomentar economicamente em um aporte financeiro de R$ 30 mil para auxiliar na solução de problemas específicos e aplicação de tecnologias. Com isso, a prefeitura irá selecionar até 20 organizações que promovam Espaços de Práticas Agrícolas (EPAs).

O programa é coordenado pela Ade Sampa (Agência São Paulo de Desenvolvimento), por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e do Trabalho. Segundo a entidade, 28% do território da cidade de São Paulo são de áreas agrícolas.

“A prefeitura de São Paulo tem como objetivo apoiar os pequenos negócios, principalmente os de regiões mais afastadas e vulneráveis. O programa chega para fomentar e fortalecer as entidades que atuam no setor, pensando especialmente na promoção do acesso à alimentação saudável para as periferias da cidade”, disse a secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Aline Cardoso.

O Sampa+Rural também como objetivo alimentar a população com produtos colhidos de maneira mais saudável e natural; estimular práticas sustentáveis por meio de tecnologias que caminham lado a lado com o meio ambiente, fomentando a geração de renda e maior capacidade de produção dos agricultores.

Os agricultores e donos de áreas verdes que desejam participar do Programa Sampa+Rural devem estar presentes em locais onde acontecem atividades sociais de cultivo, produção e processamento de gêneros alimentícios ou não alimentícios. As propostas devem ser enviadas por entidades privadas sem fins lucrativos e sociedades cooperativas.
Cada organização pode inscrever até três espaços por proposta e apresentar uma solução para um problema real enfrentado e que possa ser solucionado através do incentivo financeiro ou de tecnologias.

Os projetos aprovados deverão garantir a realização de atividades de impacto positivo na comunidade local que contribuam para a redução da vulnerabilidade populacional, a promoção de inclusão socioeconômica; a promoção de sistema alimentares sustentáveis; ações com a comunidade local e realização de práticas ambientais.
As inscrições podem ser feitas até dia 3 de março através do site www.adesampa.com.br/hortasurbanas.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

Últimas

Aquático-SP é inaugurado e deve beneficiar 385 mil moradores da Zona Sul

Na operação assistida, das 10h às 16h, a expectativa...

CEU Campo Limpo terá extensão de Etec no segundo semestre de 2024

Cursos técnicos serão administrados pelo Centro Paula Souza O CEU...

Festival Sesc Culturas Negras apresenta mais de 80 atividades em 27 unidades

A programação reforça as celebrações do dia 25, Dia...

Aquático-SP é inaugurado e deve beneficiar 385 mil moradores da Zona Sul

Na operação assistida, das 10h às 16h, a expectativa é atender 3 mil passageiros por dia com os dois barcos O Aquático-SP, primeiro transporte hidroviário...

CEU Campo Limpo terá extensão de Etec no segundo semestre de 2024

Cursos técnicos serão administrados pelo Centro Paula Souza O CEU Campo Limpo ganhará a extensão da Etec Carolina Carinhato Sampaio, com o curso de Recursos...

Festival Sesc Culturas Negras apresenta mais de 80 atividades em 27 unidades

A programação reforça as celebrações do dia 25, Dia Mundial da África Divulgação foto André Frutuôso Entre os dias 22 e 26 de maio, acontece o...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui