No menu items!
19.4 C
São Paulo
sexta-feira, 24 maio, 2024

Dormindo por dois: a importância do sono na gravidez

Fique de olho no ronco durante a gestação


O sono é fundamental para vários tipos de funções vitais do corpo e sabemos que muitos fatores interferem na sua qualidade. Mas e durante a gravidez, como será que fica o sono das mulheres? Na gestação, são tantas as mudanças que é impossível não haver um impacto na rotina de sono. Tem o volume abdominal, os desconfortos causados pela azia ou refluxo, a pressão no diafragma e o aumento da frequência urinária.

Helena Hachul, ginecologista responsável pelo Setor de Sono na Mulher da Escola Paulista de Medicina da UNIFESP e membro da Associação Brasileira do Sono, destaca que no primeiro trimestre as gestantes sentem muito sono porque há um aumento do hormônio beta HCG: “Em geral, as pacientes sentem muita sonolência, cansaço e vontade de dormir à tarde. Além dos enjoos, que ajudam a ter o sono mais fragmentado”, explica. Para ajudar a lidar com esses fatores, a ginecologista recomenda que as mulheres – na medida do possível, tentem descansar durante o dia, tirando cochilos e até deitando-se por meia hora ou quarenta minutos.

O segundo trimestre da gravidez é a fase em que as mudanças no corpo costumam ficar mais visíveis, mas os enjoos e o cansaço costumam diminuir. Nesta etapa, muitas mulheres relatam um período de calmaria e, como a barriga ainda não cresceu muito, o peso e o desconforto para dormir não incomodam a ponto de afetar o sono.

Dormir no último trimestre da gravidez não é uma tarefa das mais fáceis. O sono volta a ficar mais fragmentado, pois há o aumento abdominal impactando o diafragma e dificultando a respiração, uma pressão maior do útero na bexiga fazendo com a gestante precise urinar mais vezes e a ansiedade porque o parto está chegando. Para este período, a especialista tem uma recomendação que é fundamental: “A grávida deve procurar dormir sempre virada para o lado esquerdo, pois isso descomprime a veia cava e facilita a circulação. Também pode deitar virada para o lado direito, mas evitar ao máximo dormir de barriga para cima”, explica a ginecologista.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

Últimas

Saiba como doar parte do Imposto de Renda para ajudar vítimas da cheia

Quem já entregou documento este ano pode fazer declaração retificadora Divulgação Foto Agência Brasil Além das doações diretas de água, mantimentos e roupas ao Rio Grande...

No Vaticano, Ricardo Nunes fala da necessidade de comprometimento dos governantes no combate às mudanças climáticas

Prefeito de São Paulo é um dos 20 prefeitos em todo o mundo convidados pelo Papa Francisco a falar de ações de sustentabilidade Em sua...

Cia. Madeirite Rosa apresenta espetáculo infanto-juvenil “Pro Mundo Virar” no Capão Redondo

De forma sensível e poética, o espetáculo convida crianças e adolescentes a refletirem sobre presentes no cotidiano A Cia. Madeirite Rosa (@madeiriterosa ) está realizando...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui