No menu items!
15.2 C
São Paulo
segunda-feira, 27 maio, 2024

Curso da USP ‘Caminhos de M’Boi Mirim e Capão Redondo’ aborda resistência e sociologia da região

São as histórias ‘para além de Santo Amaro’


Do aldeamento aos conjuntos habitacionais, curso da USP relembra a história dos territórios periféricos da cidade de São Paulo e discute as contribuições das periferias para novas leituras da cidade.

O Centro MariAntonia da USP realiza, a partir de 15 de setembro, o curso gratuito Histórias dos Territórios Periféricos da Cidade de São Paulo. Ministrado pelo historiador e educador Adriano José de Sousa, a formação é dividida em seis encontros presenciais, sempre às sextas-feiras, das 15 às 18 horas. Com 150 vagas, as inscrições on-line no sistema Apolo da USP são realizadas até 8 de setembro pelo link http://e.usp.br/op- .

O curso pretende apresentar e debater formas de organização e produção intelectual das populações negras, indígenas, movimentos sociais e coletivos periféricos formados por trabalhadores que traçam novos projetos de cidade, ao fortalecerem a identidade de suas comunidades com seus territórios por meio de diferentes formas de pesquisa e difusão da história.

“Tudo gira em torno de valorizar vidas e ideias de cidade e sociedade que dificilmente são levadas em conta por quem detém o poder”, afirma Sousa, que é historiador, educador e mestre em História Social pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP. Ele acredita que há duas grandes dificuldades para que as contribuições da periferia sejam valorizadas e consideradas válidas: o racismo estrutural e os recursos reduzidos para a área da cultura que contemplem atividades de patrimônio, memória e acervos nas periferias.

Confira a seguir a programação do curso que ele irá ministrar no Centro MariAntonia da USP:

15 de setembro – São Miguel Paulista e Itaim Paulista: Do Aldeamento às Migrações Nordestinas; 22 de setembro – São Mateus e Itaquera: O papel das ferrovias e estradas na ocupação das periferias; 29 de setembro – Cidade Tiradentes e Guaianases: Fazendas, Povoados e Conjuntos Habitacionais; 6 de outubro – Zona Noroeste de São Paulo: Escritas Urbanas do Jaraguá e de Perus; 20 de outubro – Caminhos de M’Boi Mirim e Capão Redondo: Histórias para Além de Santo Amaro; 27 de outubro – Quais as contribuições das periferias para novas leituras da cidade e intervenções no urbano?


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

Últimas

Doença Inflamatória Intestinal: médica fala sobre principais sintomas e tratamentos

Biossimilares são fundamentais para ampliação do acesso a tratamentos de qualidade O Dia Mundial da Doença Inflamatória Intestinal (DII), celebrado em 19 de maio, marca...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui