No menu items!
14.2 C
São Paulo
segunda-feira, 22 julho, 2024

ARTIGO | Cidadãos exigentes: tecnologia como ferramenta de eficiência no setor público

A adoção de IA e analytics no setor público tem causado uma evolução significativa na forma como o governo opera e toma decisões. Esta transição não apenas melhora a eficiência das operações nos bastidores, mas também aumenta a transparência e permite uma prestação de serviços mais eficaz aos cidadãos, que estão cada vez mais exigentes.

No entanto, existe uma variação significativa na maturidade da adoção de analytics no governo. Órgãos federais, geralmente tendo mais financiamento público para a aquisição de tecnologia, tendem a ser mais maduros neste sentido. Alguns estados também têm se destacado pela incorporação do analytics em suas operações diárias, mostrando-se pioneiros no uso desta tecnologia. Ainda assim, o quadro geral varia significativamente, e existem muitos órgãos públicos que ainda estão se organizando para avançar na utilização de dados.

Portanto, as oportunidades em analytics para governos são vastas e variadas. Apesar dos benefícios evidentes, a adoção de analytics nos governos não está isenta de desafios. Um dos principais entraves está relacionado às dimensões continentais do Brasil e à diversidade de suas regiões.

Em meio a estas oportunidades e desafios, como levar a adoção de analytics para o próximo nível em governos? O que “vira a chave” neste sentido é uma mudança de cultura interna, que precisa ser conduzida pela alta gestão, orientada por um governo mais ágil e centrado no cidadão. Para isso, é preciso adotar uma mentalidade de adaptação e inovação, aliada à disposição de abraçar a tecnologia como principal parceira na automação de tarefas, na tomada de decisão e na geração de novas ideias e formas de trabalhar.

Uma vez que a mudança de mentalidade estiver em curso, é hora de capacitar as pessoas com as habilidades necessárias para utilizar a tecnologia de forma efetiva e inovadora. Neste ponto, é crucial introduzir esforços de compartilhamento de experiências e aprendizado, tanto internamente quanto com outros governos que tiveram sucesso no uso de analytics. Administrações públicas que trilharem este caminho se colocarão à frente do seu tempo, aumentando a eficiência na gestão e prestando melhores serviços para seus cidadãos.

*Por Aline Riquetti é Sr. Industry Consultant Fraud Solutions at SAS


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

Últimas

Os impactos das redes sociais na formação de crianças e adolescentes

Com alguns cuidados simples é possível fazer o uso equilibrado e responsável dessas tecnologias O uso excessivo de celular e redes sociais pode ter diversos...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui