No menu items!
18.7 C
São Paulo
segunda-feira, 22 julho, 2024

A Enel Distribuição São Paulo adquire o primeiro caminhão elétrico à frota

Iniciativa faz parte dos esforços da companhia para ações ligadas à mobilidade elétrica e emissão zero de carbono


A Enel Distribuição São Paulo, concessionária de energia elétrica que atua em 24 municípios da Grande São Paulo, traz para o mercado nacional o primeiro caminhão elétrico com cesto aéreo e zero emissão de carbono. O projeto faz parte de um dos pilares estratégicos do Grupo Enel, que é o de direcionar esforços para ações ligadas à mobilidade elétrica, tendo como resultado a redução das emissões e, com isso, contribuindo para o desenvolvimento sustentável.

Entre as vantagens do veículo elétrico, destaque para a baixa necessidade de manutenção preventiva e corretiva e menor necessidade de revisão nos sistemas internos, além da possibilidade de o cesto aéreo realizar tarefas operacionais de forma mais ágil, segura e simplificada. Outro ganho está relacionado aos atributos técnicos devido à autonomia de trabalho do veículo, que pode ser até 15% maior em comparação com os veículos de combustão. Tanto o cesto aéreo quanto o chassi do caminhão são movidos à energia elétrica, o que contribui para o aumento da eficiência energética.

“O caminhão elétrico com cesto aéreo é um dos mais modernos do mercado brasileiro. A iniciativa está alinhada aos compromissos assumidos pela companhia com a Agenda 2030 das Nações Unidas e com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Os benefícios estão relacionados à redução dos impactos ao meio ambiente e orçamentários, uma vez que é um veículo com emissão zero de carbono e sem custo de abastecimento para a companhia”, afirma o responsável pela área de Gestão de Instalações e Mobilidade Corporativa da Enel Brasil, Eduardo Bortotti Fagundes.

O projeto, orçado em R$ 460 mil, foi custeado pela companhia e desenvolvido pela equipe de Mobilidade e Frota da Enel Brasil, em parceria com a Jac Motors e Terex Corporation. Com fabricação 100% elétrica, o equipamento possui um cesto aéreo também elétrico de 10 metros, capacidade para até 01 pessoas e suporta cerca de 136 quilos, possibilitando ao eletricista realizar uma série de intervenções na rede elétrica. O veículo segue todas as diretrizes da Norma Regulamentadora NR-12, que trata da segurança e medidas protetivas ao trabalhador que utiliza máquinas e equipamentos.

Outro atributo está relacionado à autonomia de rodagem, que chega a 250 quilômetros, e a possibilidade de até 12 horas ininterruptas de trabalho. “O cesto do veículo só consome energia quando está em movimento, o que é um grande diferencial. Uma vez posicionado no local de trabalho, o caminhão não consome energia”, completa Bortotti. Para operar o novo caminhão, a Enel Distribuição São Paulo oferece um treinamento especial para os seus colaboradores. No veículo tradicional, o motor permanece ligado enquanto os eletricistas manuseiam o cesto aéreo até alcançar o ponto da rede elétrica.

Já a recarga do veículo será realizada em uma base operacional da distribuidora situada no bairro do Jaguaré, Zona Oeste da Capital, região em que o veículo também ficará alocado neste primeiro momento. Todos os carregadores são da Enel X, linha de negócio do Grupo Enel dedicada a produtos inovadores e soluções digitais.

Sobre a Enel Distribuição São Paulo

A Enel Distribuição São Paulo é uma empresa da multinacional de energia Enel. A companhia é a segunda maior distribuidora do país, respondendo por 10,3% de toda energia distribuída no Brasil e atendendo 7,4 milhões de unidades consumidoras em 24 municípios da região metropolitana de São Paulo, incluindo a capital paulista, principal centro econômico-financeiro do Brasil. A estratégia de atuação da Enel é baseada no seu Plano de Sustentabilidade e nos compromissos assumidos com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

Últimas

Com ritmo atual, universalização do saneamento ocorrerá em 2070

São 37 anos de atraso em relação ao marco...

Governo de São Paulo lança campanha para reduzir mortes de pedestres

Campanha educativa com o filósofo e professor Clóvis de...

Festival do Japão atrai 200 mil pessoas em São Paulo

Evento contou com apresentações, comidas típicos e produtos artesanais No...

Com ritmo atual, universalização do saneamento ocorrerá em 2070

São 37 anos de atraso em relação ao marco legal brasileiro Pesquisa do Instituto Trata Brasil, divulgada na segunda-feira (15), mostra que a universalização do...

Governo de São Paulo lança campanha para reduzir mortes de pedestres

Campanha educativa com o filósofo e professor Clóvis de Barros Filho destaca a importância do respeito à faixa de segurança Nos últimos cinco anos, 33.531...

Festival do Japão atrai 200 mil pessoas em São Paulo

Evento contou com apresentações, comidas típicos e produtos artesanais No segundo final de semana de julho, mais de 200 mil pessoas visitaram o 25º Festival...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui