No menu items!
29.4 C
São Paulo
terça-feira, 16 abril, 2024

Sesc Santo Amaro traz programação múltipla em dança em dezembro

A dança e suas múltiplas manifestações sempre são presença garantida na programação do Sesc Santo Amaro. Em dezembro, o Instituto Movimentarte, Palíndromo Coletivo Artístico e o Coletivo Rangers Urban Force apresentam espetáculos e intervenções na Unidade.

A Dança Em Nós (7/12) é um espetáculo que fala sobre o poder da dança como um caminho para o autoconhecimento, expressão, comunicação e integração social. O projeto é idealizado pelo Instituto Movimentarte, produzido em parceria com o Palíndromo Coletivo Artístico e a Tangará Cia de Dança e composto por bailarinos com e sem deficiência (especificamente, síndrome de Down), da Cia Experimental de Dança Movimentarte.

A performance é um resultado sensível e ao mesmo tempo forte, que traz aos espectadores reflexões profundas na intenção de amenizar o capacitismo estrutural impregnado da sociedade e na maioria das vezes, invisível àquele que não tem contato com o universo plural.

O Palíndromo Coletivo Artístico com desenvolvimento coreográfico da Tangará Cia de Dança se inspira livremente em Morte e Vida Severina, de João Cabral de Melo Neto, para a criação de Severina (11/12). O trabalho também é fundamentado pela pesquisa híbrida entre as danças populares regionais pernambucanas em diálogo com a dança contemporânea.

Em cena, o intuito é proporcionar a comunicação entre os artistas, a dança e o enredo da obra com o público provocando reflexões sobre as relações de miséria, fome, fé e morte, fortemente retratadas na obra em questão.

A intervenção Jogando Com As Danças Urbanas (17/12) com Coletivo Rangers Urban Force acontece em um tabuleiro, composta por cinco jogos cênicos de improvisação que tem como dispositivo a pesquisa individual de cada dançarino em um espetáculo que disponibiliza ferramentas para o público jogar ou interferir diretamente no andamento de cada cena, independente se possuem ou não vivências em dança.

Ao som de música ao vivo, a performance traz para o jogo diversas características presentes na cena das danças urbanas, em diferentes perspectivas. O grupo é formado pelos dançarinos Arthur Doná, Bruno Everton, Emersu Oliveira, Kika Souza e Careca Poppin, que se encontraram na ETEC de Artes de São Paulo durante o segundo semestre de 2017 no curso técnico em Dança.

Saiba mais em www.sescsp.org.br


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

Últimas

Capital conta com atividades de empreendedorismo nos coworkings da Prefeitura

A rede Teia oferecerá durante todo o mês palestras,...

IR 2024: aplicativos falsos podem roubar dados de contribuintes

Receita Federal alerta sobre malwares e especialistas dão dicas...

Passageiros de SP pagam tarifa mais barata com Cartão Fidelidade; veja como funciona

Com o bilhete, que pode ser adquirido nas postos...

Capital conta com atividades de empreendedorismo nos coworkings da Prefeitura

A rede Teia oferecerá durante todo o mês palestras, cursos, oficinas e diversas outras ações gratuitas para a população Os Teias estão com nova programação...

IR 2024: aplicativos falsos podem roubar dados de contribuintes

Receita Federal alerta sobre malwares e especialistas dão dicas de como evitar cair em golpes Com o início da temporada de declaração do Imposto de...

Passageiros de SP pagam tarifa mais barata com Cartão Fidelidade; veja como funciona

Com o bilhete, que pode ser adquirido nas postos de atendimento, é possível economizar até R$ 0,66 por viagem Os passageiros que utilizam o transporte...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui