No menu items!
28.1 C
São Paulo
sexta-feira, 1 março, 2024

São Paulo conta com avaliação oftalmológica para 423 mil estudantes da Rede Municipal

Estudantes que tiverem indicação vão receber óculos de forma gratuita


Com um investimento de cerca de R$ 30 milhões, a Prefeitura de São Paulo realizará avaliação oftalmológica em 423 mil estudantes do Ensino Fundamental de 562 unidades educacionais da Rede Municipal até 2025, por meio do Programa Avança Saúde Escolar Oftalmologia, com fornecimento de óculos a todos os alunos que necessitarem. O anúncio foi feito pelo prefeito Ricardo Nunes, que também assinou um decreto que consolida as normas sobre o Programa Saúde na Escola – PSE, que será desenvolvido conjuntamente pelas secretarias municipais da Saúde e de Educação, nesta sexta-feira (15).

“São 423 mil alunos que vão fazer o exame oftalmológico nesta primeira etapa com toda a tecnologia, todo equipamento necessário para poder identificar a necessidade de uma cirurgia, de uma correção ou dos óculos”, destacou o prefeito Ricardo Nunes. “O aluno passa por todo o processo com o oftalmologista e escolhe os seus óculos. Isso vai mudar a qualidade de vida dessas crianças”, completou Nunes.

A ação foi viabilizada por meio de uma parceria com o Instituto Suel Abujamra e a triagem oftalmológica é feita por uma equipe de três auxiliares, um auxiliar de enfermagem e um tecnólogo oftálmico. No dia do atendimento, os estudantes farão exames para avaliação de sua saúde ocular. Os que apresentarem estrabismo ou outras patologias oculares, serão encaminhados para a Unidade Básica de Saúde (UBS) de referência para que seja realizado o atendimento especializado.

“Tenho estrabismo desde bem pequenininha e isso atrapalhava a minha autoestima pois o bullying era muito grande e isso comprometia a minha aprendizagem, além de não ter vontade vir para escola”, contou a presidente do Grêmio Estudantil da EMEF Marechal Deodoro da Fonseca, Alma Petra. “Esse projeto é muito importante para ajudar na aprendizagem e na autoestima da pessoa para ela não se sentir diferente dos outros só por ter um problema de visão”, completou.

Crianças e adolescentes que receberem prescrição de óculos serão avaliadas pelo técnico de óptica que os auxiliará na escolha da armação e fará as medidas necessárias para sua confecção. No momento da entrega, a armação será adaptada ao rosto da criança.

SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

Últimas

ARTIGO | Cidadãos exigentes: tecnologia como ferramenta de eficiência no setor público

A adoção de IA e analytics no setor público tem causado uma evolução significativa na forma como o governo opera e toma decisões. Esta...

Mulher do Tocantins que desapareceu ao chegar a São Paulo é encontrada pelas câmeras inteligentes da Prefeitura

Sistema de reconhecimento facial, que prevê 20 mil câmeras instaladas em toda a cidade, começou a funcionar no dia 9 e localizou desaparecida 4...

Secretaria Executiva do Programa Mananciais entregará quase 8 mil unidades habitacionais até o final de 2024

O Programa Mananciais já beneficiou 21 mil famílias com obras de urbanização A Secretaria Executiva do Programa Mananciais / Secretaria Municipal de Habitação – SEHAB,...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui