No menu items!
19.5 C
São Paulo
domingo, 23 junho, 2024

Sabesp chega aos 50 anos com foco em inovação e sustentabilidade

Maior investidora em saneamento do país foi fundada em 1973


‌Criada em 1º de novembro de 1973, a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo, a Sabesp, chega aos 50 anos presente em 376 municípios com um total de 28 milhões de habitantes – 62% da população do Estado.

Ao longo desta história, muita coisa evoluiu, mas o foco sempre foi, e segue firme, em garantir a universalização do acesso à água e ao tratamento e coleta de esgoto, principalmente às pessoas que moram em comunidades e áreas de vulnerabilidade social. O esforço também está no crescimento sustentável, na preservação do meio ambiente e na atuação incessante por mais eficiência e inovação.

Em busca deste objetivo, nos últimos 50 anos, programas e tecnologias para expansão do acesso ao saneamento foram criados acompanhando o crescimento do Estado e contribuindo, diretamente, para levar mais saúde e qualidade de vida para a população.

“Nosso compromisso com a vida é inalienável, a razão de existir da Sabesp é cuidar das pessoas e do meio ambiente. Sem água e sem tratamento do esgoto não há saúde, o crescimento econômico fica prejudicado e o meio ambiente sofre. Em 2022, investimos R$ 5,4 bilhões, mantendo o patamar histórico de cerca de 30% de todo o aporte realizado em água e esgoto entre empresas públicas e privadas brasileiras. O investimento da Sabesp faz de São Paulo o Estado que mais investe em saneamento. Nosso desafio é continuar a crescer, inovar, modernizar e atingir a universalização do saneamento básico, de forma sustentável”, afirmou o diretor-presidente da Sabesp, André Salcedo.

Atualmente, os índices de saneamento na área atendida pela Sabesp estão entre os melhores do país: 98% de cobertura de abastecimento de água, 92% de cobertura de coleta de esgoto e 83% de imóveis conectados ao tratamento de esgoto. Para o período de 2023 a 2027, a Companhia planeja investir R$ 26,2 bilhões, sendo R$ 8,9 bilhões em água e R$ 17,3 bilhões em coleta e tratamento de esgoto.

O Programa de Geração de Energia Fotovoltaica da Sabesp, por exemplo, prevê a implantação de 43 usinas em áreas da Companhia até 2025 – nove já estão em operação. Também ligado à economia circular, o projeto de biogás em Franca inova ao converter o gás proveniente do tratamento de esgoto em combustível para carros da frota de Empresa.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

Últimas

Mobilidade é acesso, mas quais são seus desafios para um futuro próximo?

Encorajar comportamentos sustentáveis é um dos principais pilares e urgências quando falamos em mobilidade, um tema tão atual e que precisa de especial atenção...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui