No menu items!
15.2 C
São Paulo
segunda-feira, 27 maio, 2024

Rio Pinheiros é destaque no primeiro ano de ações do programa IntegraTietê

Maior volume de desassoreamento, nova passarela flutuante e melhora na qualidade da água, marcam evolução

No primeiro ano de execução do programa IntegraTietê, que visa a despoluição do rio Tietê e seus afluentes, o Pinheiros ganha destaque graças ao investimento na aceleração do desassoreamento, na retirada de lixo e contenção das margens, tudo com o objetivo de garantir mais segurança aos usuários. Também foi instalada uma nova passarela flutuante e as duas margens receberam melhorias nas ciclofaixas para aproximar ainda mais o rio da população que o cerca.
Por meio do Departamento de Águas e Energia Elétrica (Daee), foi realizada a remoção de 443 mil m³ de sedimentos da calha no primeiro ano do programa, maior volume retirado em 12 anos (desde 2012), com investimento total de R$ 196,5 milhões. Já por meio da Empresa Metropolitana de Águas e Energia (Emae), foram retirados, junto às Usinas Pedreira e São Paulo, 861,31 toneladas de lixo e vegetação aquática. A Semil removeu, ainda, mais de 44 mil toneladas de lixo flutuante.
Com a intensificação das medidas, a Cetesb, que monitora a qualidade da água em quatro pontos de amostragem (Barragem do Retiro, Usina São Paulo, Ponte do Socorro e Usina Pedreira) e mais 17 afluentes ao longo da Bacia Rio Pinheiros, observou, com base nos dados do período de 2020-2023 a melhora do IQA – Índice de Qualidade das Águas. Com destaque, neste período, a inédita classificação Boa, obtida para o IQA, no trecho do Rio Pinheiros na Usina Pedreira. Já para o ensaio COT – Carbono Orgânico Total, nos quatro pontos de medição da calha do Pinheiros, o resultado no último ano, também foi positivo, com uma média ponderada de COT de 18,7 mg/L, superando a meta de 2023, que era de 30,0 mg/L.
Importante destacar que em períodos chuvosos, quando a previsão for de maior intensidade, a passarela flutuante permanecerá temporariamente desativada para a realização do trabalho de bombeamento no leito do rio, com o objetivo de evitar o transbordamento do canal Pinheiros e consequente alagamento e paralisação do tráfego nas vias marginais, e da Linha Esmeralda da ViaMobilidade.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

Últimas

Doença Inflamatória Intestinal: médica fala sobre principais sintomas e tratamentos

Biossimilares são fundamentais para ampliação do acesso a tratamentos de qualidade O Dia Mundial da Doença Inflamatória Intestinal (DII), celebrado em 19 de maio, marca...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui