No menu items!
25.1 C
São Paulo
quarta-feira, 12 junho, 2024

Prefeitura planeja criar trilha de 170 km interligando parques, represas e reservas ambientais pela cidade

Percurso incentivará o Ecoturismo no Extremo Sul da Capital


A Capital Paulista, famosa por ser a ‘Selva de Pedra’, possui 111 parque que, em contraste com o urbano e natural, tem cerca de 24% da área total do município de área verde protegida, preservando cerca de 30% da Mata Atlântica sobrevivente.

Visando estimular o ecoturismo na cidade e integrar comunidades locais, principalmente do Extremo Sul, a Prefeitura, por meio da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente (SVMA), planeja instalar Trilhas que interligarão os parques da cidade, já batizada de ‘Maior Trilha da Cidade’.

O projeto prevê a instalação de cerca de 170km de trilhas entre áreas de conservação ambiental e outras áreas protegidas pela Zona Sul, como parques naturais, represas, reservas particulares e áreas próximas a terras indígenas, incentivando o ecoturismo de Parelheiros, Marsilac e Ilha do Bororé, pouco conhecido e visitado.
Ainda não há data definitiva para início das obras devido à complexidade do tema que demanda estudos ambientais, treinamentos de funcionários e capacitação de comerciantes para esse novo turismo.

“A importância dessa trilha para a Prefeitura de São Paulo é promover o polo de ecoturismo na região, dar mais visibilidade às áreas protegidas e às Unidades de Conservação, incluindo as APAs, Parques e à Reserva Particular do Patrimônio Natural – RPPN. Tudo isso agregado ao desenvolvimento local com produtores locais, restaurantes, hotéis etc., beneficiando não só os visitantes como também os moradores da região. Queremos criar uma conexão nacional com órgãos e atores de outras trilhas existentes no Brasil, visando a troca de experiências, compartilhamento de metodologias e uma relação bastante orgânica e profícua com a Rede Brasileira de Trilhas”, comentou Anita Martins sobre o novo projeto.

O projeto da Prefeitura vai beneficiar os munícipes da Zona Sul em diversos fatores comerciais, pessoais e profissionais, estimulando o turismo em locais muito bonitos e pouco explorados.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

Últimas

Esclerose Múltipla: Diversidade de sintomas iniciais pode dificultar diagnóstico

Doença não é fator limitante para projetos pessoais e...

Escola Politécnica desenvolve chipset inovador para Internet das Coisas

Dispositivo coloca o Brasil na mesma página da tecnologia...

Esclerose Múltipla: Diversidade de sintomas iniciais pode dificultar diagnóstico

Doença não é fator limitante para projetos pessoais e profissionais, incluindo a gravidez A Esclerose Múltipla (EM) é uma doença autoimune e neurodegenerativa, que afeta...

ARTIGO | Dia Mundial do Meio Ambiente: Restauração de terras, desertificação e resiliência à seca

A iniciativa Nutrientes para a Vida se une, nesse dia 5 de junho, a milhões de pessoas em todo o mundo para celebrar o...

Escola Politécnica desenvolve chipset inovador para Internet das Coisas

Dispositivo coloca o Brasil na mesma página da tecnologia global, de acordo com o Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação A USP anunciou um chipset...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui