No menu items!
15.2 C
São Paulo
segunda-feira, 27 maio, 2024

Prefeitura amplia medidas de segurança para proteger a vida no trânsito

Implantação da Faixa Azul, das Áreas Calmas, redução de velocidades máximas e aumento no tempo de travessia para pedestres ganham o reforço de um novo modelo de gestão eletrônica na cidade

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria de Mobilidade e Trânsito (SMT) e da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), vem colocando em prática uma série de medidas para ampliar a segurança viária, reduzir o número de ocorrências e mortes no trânsito da cidade.

Para somar esforços em direção à redução do número de ocorrências viárias e, consequentemente, do número de vítimas e mortes, a CET iniciou a implantação e troca dos equipamentos de fiscalização eletrônica existentes na cidade. Os equipamentos fiscalizam comportamentos que prejudicam a segurança viária, como o desrespeito ao excesso de velocidade, o desrespeito à faixa de pedestres, à sinalização semafórica, à conversão proibida e contribuem significativamente na redução do número de sinistros no trânsito, principalmente na redução da severidade das lesões e na ocorrência de mortes. Esse tipo de fiscalização mostrou-se eficaz desde sua implantação. Os dados mostram que, em 1996, ano anterior ao início da implantação da fiscalização eletrônica na cidade, foram registradas 2.245 mortes no trânsito da capital, e em 1998, um ano depois, houve registro de 1.558 óbitos.

Agora, a cidade passa a contar com nove contratos (lotes), responsáveis por 1.538 pontos de fiscalização eletrônica nos 20 mil km de vias da cidade. Do total de endereços fiscalizados, 764 serão dotados de displays que informarão as velocidades desempenhadas pelos condutores no momento da aproximação, além de registrá-las. O novo consórcio vai cuidar da atualização, operação e manutenção dos equipamentos de fiscalização eletrônica da cidade.

Cada um dos oito lotes “operacionais” corresponde ao território de uma das oito gerências de engenharia de tráfego da CET. Isso vai privilegiar a sinergia entre as atividades voltadas à segurança viária e ao planejamento da mobilidade. Já o nono lote é responsável pelo Centro de Avaliação de Imagens, pelo processamento, disponibilização de dados das imagens relativas à fiscalização eletrônica e sistema de geração e fornecimento de relatórios diversos para as atividades de fiscalização, de planejamento da mobilidade e da segurança viária.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

Últimas

Doença Inflamatória Intestinal: médica fala sobre principais sintomas e tratamentos

Biossimilares são fundamentais para ampliação do acesso a tratamentos de qualidade O Dia Mundial da Doença Inflamatória Intestinal (DII), celebrado em 19 de maio, marca...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui