No menu items!
20.8 C
São Paulo
quinta-feira, 20 junho, 2024

Prefeito Ricardo Nunes aumenta em 50% o número de cooperativas habilitadas para reciclagem

Com a oficialização de dez novas unidades, o município passa a contar com 30 unidades destinadas a essa atividade


A Prefeitura de São Paulo iniciou nesta segunda-feira (13) a ampliação em 50% do número de cooperativas habilitadas para fazer a reciclagem de resíduos na cidade. O prefeito Ricardo Nunes participou da assinatura dos contratos com as cooperativas de reciclagem habilitadas nesta segunda-feira (13), na Central Mecanizada de Triagem Carolina Maria de Jesus, no Jardim Sabará, Zona Sul. Agora, a cidade conta com 30 unidades habilitadas para esse fim.

O objetivo da Administração Municipal, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, é apoiar e dar estrutura para essas entidades e seus trabalhadores.

“As cooperativas de reciclagem são uma grande oportunidade da geração de empregos e para cuidar do meio ambiente. Tínhamos 20 cooperativas e agora passamos para 30 habilitadas. Um aumento de 50%. São Paulo vai se tornar referência para o Brasil e para o mundo”, enfatizou o prefeito Ricardo Nunes.

A Agência Reguladora de Serviços Públicos do Município (SP Regula), responsável pela distribuição da coleta seletiva para a separação dos resíduos pelas cooperativas habilitadas, atuou em parceria na ampliação do projeto.

A partir de agora, as entidades habilitadas receberão, durante 24 meses, apoio técnico, disponibilização de resíduos recicláveis que contribuirão para a geração de renda dos cooperados, além da possibilidade de suporte financeiro para despesas como aquisição de equipamentos de proteção individual – EPIs, contas de água, luz e aluguel.

Para a secretária municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Aline Cardoso, as cooperativas têm dois papéis fundamentais na cidade: ajudar nos temas ambientais e, principalmente, proporcionar renda para a população.

“Isso significa também formalização, condições dignas de trabalho decente. E é isso que está sendo feito, a pedido do prefeito Ricardo Nunes”, afirmou a secretária.

Durante o evento também foi realizada a entrega de certificados às 30 iniciativas incubadas (em formação) selecionadas pelo SP Coopera, Programa Municipal de Apoio ao Cooperativismo. Essas organizações de coleta e reciclagem receberão, durante seis meses, capacitação e qualificação profissional com enfoque em gestão cooperativista e empresarial, suporte com formalização e apoio com consultoria.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

Últimas

A regulação das redes sociais e fake news no Brasil

A regulação das redes sociais e o combate às fake news tornaram-se tópicos centrais no Brasil. Com o avanço das tecnologias digitais e o...

Junho verde – Fuplastic apoia valorização do plástico nacional e da agenda brasileira para combate à poluição

Produção de plástico deve triplicar até 2060. Indústria prevê ressignificar 6 milhões de quilos este ano O Brasil, como um dos maiores países em extensão...

São Paulo teve o maio mais quente em 81 anos, é o que informa o último boletim do Instituto Nacional de Meterologia (Inmet)

Em 17 dos 31 dias de maio, a temperatura máxima superou os 29°C De acordo com o dado divulgado no último sábado (8), o mês...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui