Veja a cidade:

Planetário do Carmo apresenta “A Lua e suas histórias: passado, presente e futuro”

A exposição que vai até julho aborda diversos aspectos que envolvem nosso satélite natural


O Planetário Municipal do Carmo – Professor Acácio Riberi, localizado no Parque do Carmo, na zona leste, vai inaugurar no dia 26 de março a exposição “A Lua e Suas Histórias: passado, presente e futuro”. A apresentação chama o público para conhecer a Lua de forma mais aprofundada. Fotos, projeções, instalações e painéis ajudarão a contar a história do único satélite natural da Terra.

A Lua exerce gravidade sobre o planeta e vice-versa. A partir dessa interação, ocorre a movimentação de grandes massas de água, como nos oceanos, determinando as marés. A revolução lunar ao redor da Terra, volta de um corpo em torno de outro, estabiliza o eixo do planeta, ajudando a manter a inclinação em relação ao plano de sua órbita, o que permite que as estações do ano aconteçam da forma como as conhecemos.

O evento mostra ao público novas perspectivas sobre esse astro iluminado e conta também sobre a expedição do homem à Lua.

“A LUA E SUAS HISTÓRIAS: passado, presente e futuro”

De 26/03 a 17/07 de 2022

Todos os sábados e domingos, das 14h às 17h.

Entrada gratuita. Sujeito à lotação.

Faixa etária sugerida: a partir de 7 anos.

A visitação é livre e o público pode circular à vontade, porém terão monitores espalhados pela exposição para ajudar com possíveis dúvidas.

Na abertura (19) e em todos domingos até o final da exposição (17/07), será apresentada uma sessão de cúpula especial, chamada “Uma Lua Brasileira”.

A exibição tem 6 setores:

  1. Teoria de formação da Lua: Cartazes com imagens da formação da Lua e a Lua hoje em dia, e um cartaz de introdução;
  2. Corrida espacial e Guerra fria: Linha do tempo sobre a corrida espacial, 2 maquetes da lua: uma mostrando onde a Apollo 11 pousou e outro falando sobre a manobra da Apollo 13, terá também uma bancada com recortes de revistas e jornais da época e 2 cartazes sobre as missões Apollo e Luna;
  3. Missões Pós corrida: Cartazes informam o público sobre as últimas missões na lua – as principais descobertas e onde as naves foram pousadas;
  4. Próximas missões para a Lua: Painel grande com as próximas missões e 4 cartazes falando sobre a missão Artemis;
  5. Cultura e saberes populares: Será uma sala, com as paredes feitas de tubos de papelão. Ela é um respiro no meio da exposição, abordará as culturas e mitos de diversos povos brasileiros sobre a lua: Mitos indígenas, conhecimentos populares e como as populações ribeirinhas a encaram;
  6. Arte e curiosidade: É a última parte da exposição onde terão várias imagens com curiosidades sobre a lua e sua influência no cinema e na arte em geral

Planetário do Carmo – Professor Acácio Riberi

Inaugurado em 30 de novembro de 2005, o prédio do Planetário do Carmo tem 1.750 m² e é composto por uma sala de projeção com 168 lugares e teto em forma de cúpula de 20 metros de diâmetro – com poltronas em posição unidirecional – e um auditório com 70 lugares, além de espaço para leitura e exposições no saguão. Atrás do planetário, há uma esplanada cósmica onde estão localizados dois observatórios.

Sua estrutura conta com uma cúpula de 20m de diâmetro e um projetor universarium IX, o maior modelo do fabricante Zeiss, um instrumento que poucos planetários no mundo possuem. A configuração da sala de projeção é tal, que o céu, com suas 9100 estrelas, é considerado por muitos o mais bonito e brilhante do Brasil. Além das estrelas, o planetário também é capaz de projetar os planetas visíveis a olho nu do Sistema Solar, a Via Láctea, galáxias, nebulosas e outros objetos astronômicos.

Acácio Riberi era contador, mas depois de perder completamente a visão por um deslocamento de retina, teve que interromper a carreira. Frequentador do planetário do Ibirapuera, Acácio chamou a atenção do Prof. Aristóteles Orsini, que o convidou a participar das reuniões de formação da equipe. Pouco tempo depois ele passou a dar aulas de astronomia na Escola Municipal de Astrofísica.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

Últimas

JORNAL VER A CIDADE – ANO 3 – EDIÇÃO 37 – Maio de 2022

https://issuu.com/jornalveracidade/docs/edi_o_ver_a_cidade_21.05.22_web

Educação volta a promover festivais de Xadrez com disputas presenciais

A partir desta quarta-feira (11) até o dia 30...

Realizada audiência pública sobre transporte escolar gratuito

Principal reclamação se deve a questão financeira A CCJ (Comissão...

JORNAL VER A CIDADE – ANO 3 – EDIÇÃO 37 – Maio de 2022

https://issuu.com/jornalveracidade/docs/edi_o_ver_a_cidade_21.05.22_web

Educação volta a promover festivais de Xadrez com disputas presenciais

A partir desta quarta-feira (11) até o dia 30 de junho ocorrem os Festivais de Xadrez na Rede Municipal de Ensino. É a 14ª...

Realizada audiência pública sobre transporte escolar gratuito

Principal reclamação se deve a questão financeira A CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Legislação Participativa), realizou no sábado (7/5) uma Audiência Pública para debater...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui