No menu items!
19.2 C
São Paulo
terça-feira, 21 maio, 2024

Parceria entre Prefeitura e Sabesp vai recapear 90 km de vias com asfalto reciclável

A Prefeitura de São Paulo, o Governo do Estado de São Paulo e a Sabesp anunciaram na sexta-feira (24), uma parceria para recapear 90 km de vias na capital paulista. Com investimento de R$ 120 milhões até o final deste ano, cerca de 808 mil m² de vias da capital receberão o serviço.

“A Sabesp, muitas vezes, vai lá e estraga a rua e agora tem que consertar. Além do grande programa de recapeamento que o Ricardo Nunes está fazendo em toda a cidade, a Sabesp vai fazer 90 km de rua também, melhorando o esforço que a prefeitura está fazendo”, destacou o governador Rodrigo Garcia.

A indicação das vias feita pela Secretaria Municipal das Subprefeituras (SMSUB), considerou aspectos como situação do asfalto, presença de comércio e linhas de ônibus, além de vias de fluxo alto e contemplará 156 vias em todas as regiões da cidade, em um total de 808 mil m². Serão 164,2 mil m² em 36 vias na zona norte; 194,1 mil m² em 37 na zona sul; 130,1 mil m² em 23 na zona oeste; 297,7 mil m² em 54 na zona leste; e 21,9 mil m² em 6 vias no centro.

O estudo para chegar nestes resultados foi realizado com o Geoinfra – sistema lançado em 2019 que autoriza a realização de obras de concessionárias na malha viária, calçadas, subterrâneo e redes aéreas, e pode acompanhá-las de forma digital. A implantação garantiu mais controle sobre os serviços, já que além da localização, tem a identificação do responsável pelos mais de 100 mil buracos abertos anualmente na cidade.

É o primeiro programa do Brasil que faz a gestão de obras e serviços no espaço de via pública subterrâneo, e foi desenvolvido por um grupo de trabalho formado pela administração municipal – Convias (SMSUB), CET e concessionárias. As intervenções e obras realizadas pelas concessionárias são monitoradas até que o reparo esteja de acordo com os parâmetros técnicos vigentes.

As obras contam com o RAP (Reclaimed Asphalt Pavement) – material asfáltico resultante da fresagem de pavimentos asfálticos, que é reciclado para novamente ser utilizado nas vias em serviços de conservação e manutenção da malha viária da cidade de São Paulo, especialmente na execução dos Serviços de Reforço Estrutural, uma vez que estes materiais reciclados substituem a utilização de BGTC – Brita Graduada Tratada com Concreto, o que além de diminuir a demanda da retirada deste material (brita) do meio ambiente, gera economia de recursos para o município.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

Últimas

Aquático-SP é inaugurado e deve beneficiar 385 mil moradores da Zona Sul

Na operação assistida, das 10h às 16h, a expectativa...

CEU Campo Limpo terá extensão de Etec no segundo semestre de 2024

Cursos técnicos serão administrados pelo Centro Paula Souza O CEU...

Festival Sesc Culturas Negras apresenta mais de 80 atividades em 27 unidades

A programação reforça as celebrações do dia 25, Dia...

Aquático-SP é inaugurado e deve beneficiar 385 mil moradores da Zona Sul

Na operação assistida, das 10h às 16h, a expectativa é atender 3 mil passageiros por dia com os dois barcos O Aquático-SP, primeiro transporte hidroviário...

CEU Campo Limpo terá extensão de Etec no segundo semestre de 2024

Cursos técnicos serão administrados pelo Centro Paula Souza O CEU Campo Limpo ganhará a extensão da Etec Carolina Carinhato Sampaio, com o curso de Recursos...

Festival Sesc Culturas Negras apresenta mais de 80 atividades em 27 unidades

A programação reforça as celebrações do dia 25, Dia Mundial da África Divulgação foto André Frutuôso Entre os dias 22 e 26 de maio, acontece o...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui