No menu items!
27.5 C
São Paulo
quarta-feira, 12 junho, 2024

Novembro Azul conscientiza sobre os cuidados com a saúde do homem

Desafio é alertar e promover a cultura da prevenção entre a população masculina


Novembro Azul é o mês mundial de combate ao câncer de próstata, doença que causa uma morte a cada 38 minutos no Brasil, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca). Além das ações de prevenção e combate sobre o tema, as atenções neste período também se voltam para a conscientização sobre os cuidados gerais com a saúde física e mental masculina, orientando para o autocuidado como rotina.

Os homens brasileiros vivem, em média, 7,2 anos a menos que as mulheres, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Isso porque, entre outros motivos, eles procuram menos os serviços de saúde, condição que colabora para que muitas doenças sejam diagnosticadas somente em estágio avançado, dificultando o tratamento e as chances de cura.

Para estimular mudanças de hábitos de vida e comportamentais, em 2016, o município de São Paulo implantou a Política Municipal de Atenção Integral à Saúde do Homem (PMAISH). A diretriz principal é de promoção, prevenção e cuidados integrais na faixa etária entre 20 e 59 anos.

De acordo com o Inca, o câncer de próstata é a segunda doença com maior incidência entre os homens brasileiros, perdendo apenas para o de pele não-melanoma. Por isso, sintomas como dificuldade de urinar, vontade de urinar mais vezes ao longo do dia ou durante à noite, sangue na urina ou no sêmen devem acender um alerta para o tumor maligno. Vale ressaltar que a maioria dos cânceres de próstata não causa sintomas até que atinjam um tamanho considerável.

O atendimento começa na Unidade Básica de Saúde (UBS), que é a porta de entrada para os serviços da rede municipal, e conta com um conjunto de ações dividido em cinco eixos temáticos promovendo uma Atenção Integral à Saúde do Homem: Acesso e acolhimento: incentivar o homem a procurar assistência médica e estabelecer vínculos; Saúde sexual e reprodutiva: fazer abordagem integral à saúde do homem e ações integrais para prevenção e controle de infecções sexualmente transmissíveis (IST); Paternidade e cuidado: sensibilizar o pai sobre a importância do estabelecimento do vínculo afetivo com os filhos em todos os momentos; Doenças prevalentes na população masculina: realizar busca ativa/atendimento e exames preventivos para a promoção do autocuidado; Prevenção de Violências e Acidentes: desenvolver ações de prevenção contra violências e acidentes envolvendo a população masculina.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

Últimas

Esclerose Múltipla: Diversidade de sintomas iniciais pode dificultar diagnóstico

Doença não é fator limitante para projetos pessoais e...

Escola Politécnica desenvolve chipset inovador para Internet das Coisas

Dispositivo coloca o Brasil na mesma página da tecnologia...

Esclerose Múltipla: Diversidade de sintomas iniciais pode dificultar diagnóstico

Doença não é fator limitante para projetos pessoais e profissionais, incluindo a gravidez A Esclerose Múltipla (EM) é uma doença autoimune e neurodegenerativa, que afeta...

ARTIGO | Dia Mundial do Meio Ambiente: Restauração de terras, desertificação e resiliência à seca

A iniciativa Nutrientes para a Vida se une, nesse dia 5 de junho, a milhões de pessoas em todo o mundo para celebrar o...

Escola Politécnica desenvolve chipset inovador para Internet das Coisas

Dispositivo coloca o Brasil na mesma página da tecnologia global, de acordo com o Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação A USP anunciou um chipset...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui