Veja a cidade:

Motoristas de aplicativos criam novo aplicativo em São Paulo visando maior rentabilidade

Motoristas perderam parte da renda líquida com o aumento da gasolina


A crescente alta no preço dos combustíveis nos últimos anos vem agravando a situação de motoristas que trabalham em aplicativos de transporte, como a Uber e a 99 Táxi. De um lado, os passageiros questionam do aumento no preço dos serviços, do outro, motoristas alegam que está ficando cada vez mais difícil conseguir um faturamento líquido, levando em conta o preço da gasolina e a fatia da quantia que é destinado ao aplicativo.

Procurando soluções para voltar a ter uma renda melhor com um trabalho mais qualitativo, alguns motoristas da Uber e 99 estão criando um aplicativo, que será concorrente delas, e procurará monetizar, de maneira justa, os motoristas.

O novo serviço se chamará ‘Me Busca’ e conta com o apoio da Associação de Motoboys e Motoristas de Aplicativos de São Paulo (AMMASP). “Queremos que os motoristas consigam todas as condições que as empresas não proporcionam: melhores remunerações, mais segurança e mais qualidade de trabalho”, disse o Presidente da AMMASP, Eduardo Lima.

O aplicativo está marcado para estrear nos celulares agora em março, e antes mesmo de começar, já conta com milhares de adesões.

O combustível, grande vilão dos motoristas, subiu o preço em uma média de 49% somente em 2021, além disso, o mercado automotivo também encareceu durante a pandemia, tornando as manutenções e peças de carros mais caros também.

O Me Busca estima que o motorista que percorrer por cerca de 70 horas semanais poderá tirar de R$ 2.000 a R$ 2.200 líquidos. A Uber anunciou que atualmente quem trafega por 40 horas semanais (jornada de 8 horas por dia, sem contar fim de semana), ganha cerca de R$ 1.500.

O aplicativo Uber foi pioneiro no serviço de transporte privado por aplicativo, criado em março de 2009 por Travis Kalanick e Garret Camp, com o objetivo de fornecer um serviço semelhante a Táxi, mas com carros de luxo, na California (EUA).


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

Últimas

JORNAL VER A CIDADE – ANO 3 – EDIÇÃO 37 – Maio de 2022

https://issuu.com/jornalveracidade/docs/edi_o_ver_a_cidade_21.05.22_web

Educação volta a promover festivais de Xadrez com disputas presenciais

A partir desta quarta-feira (11) até o dia 30...

Realizada audiência pública sobre transporte escolar gratuito

Principal reclamação se deve a questão financeira A CCJ (Comissão...

JORNAL VER A CIDADE – ANO 3 – EDIÇÃO 37 – Maio de 2022

https://issuu.com/jornalveracidade/docs/edi_o_ver_a_cidade_21.05.22_web

Educação volta a promover festivais de Xadrez com disputas presenciais

A partir desta quarta-feira (11) até o dia 30 de junho ocorrem os Festivais de Xadrez na Rede Municipal de Ensino. É a 14ª...

Realizada audiência pública sobre transporte escolar gratuito

Principal reclamação se deve a questão financeira A CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Legislação Participativa), realizou no sábado (7/5) uma Audiência Pública para debater...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui