No menu items!
17 C
São Paulo
terça-feira, 5 julho, 2022

Moradores de rua contarão com 3 inéditos espaços de acolhimento através de projeto da Prefeitura

 É o primeiro passo para criar melhores condições aos moradores de rua


A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria de Governo Municipal e com apoio da São Paulo Parcerias, está estruturando projeto inédito de parceria público-privada (PPP) para implantação de infraestrutura voltada à prestação de serviços habitacionais e socioassistenciais para a população em situação de rua. Pioneira no Brasil, a proposta foi colocada em consulta pública, com o objetivo de colher contribuições da sociedade civil para aprimoramento da modelagem.

O projeto prevê a implantação de 416 unidades (de 12 a 18 m²), distribuídas em 3 empreendimentos, que beneficiarão mais de 500 pessoas em situação extrema de vulnerabilidade socioeconômica. Os empreendimentos serão implantados nos distritos da Sé, República e Santa Cecília, no centro da Capital, em áreas com boa oferta de rede de serviços públicos e acesso a infraestruturas urbanas. O valor total estimado do contrato é de R$ 122,9 milhões.

Ao longo dos 25 anos de execução do contrato, o parceiro privado será responsável pela implantação das unidades, pela gestão predial, correspondente à manutenção dos empreendimentos, e operacional, englobando os serviços de administração, limpeza, segurança, monitoramento, portaria e zeladoria dos conjuntos habitacionais. A prestação dos serviços socioassistenciais e habitacionais não integra o escopo da contratação e ficarão a cargo das Secretarias municipais responsáveis por tais políticas sociais.

Os empreendimentos contarão com espaços no térreo destinados à convivência e atividades de trabalho social, lavanderias coletivas, estacionamentos para carrinhos/carroças de catadores de material reciclável e canis individualizados para animais dos futuros beneficiários. Ao ampliar a infraestrutura voltada à instalação de serviços de moradia e acolhimento, a iniciativa busca contribuir para a ampliação e qualificação das oportunidades e caminhos para construção de autonomia e saída da situação de rua.

As licitações ocorrerão por meio de uma concorrência internacional, na qual o critério de julgamento considerará como melhor proposta o menor valor de contraprestação a ser paga mensalmente pela Prefeitura, com limite máximo de R$ 407 mil/mês.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

Últimas

Governo Estadual anuncia reforma de 27 distritos policiais e compra de 17 mil armas e coletes

O Governador Rodrigo Garcia anunciou na quarta-feira um investimento...

Parceria entre Prefeitura e Sabesp vai recapear 90 km de vias com asfalto reciclável

A Prefeitura de São Paulo, o Governo do Estado...

SP realiza 1ª Virada ODS com foco em entreter munícipes com desenvolvimento sustentável

Atividades têm o objetivo popularizar a importância das metas...

Governo Estadual anuncia reforma de 27 distritos policiais e compra de 17 mil armas e coletes

O Governador Rodrigo Garcia anunciou na quarta-feira um investimento do Governo Estadual de R$ 110,7 milhões na Polícia Civil da cidade de São Paulo. “Estamos...

Parceria entre Prefeitura e Sabesp vai recapear 90 km de vias com asfalto reciclável

A Prefeitura de São Paulo, o Governo do Estado de São Paulo e a Sabesp anunciaram na sexta-feira (24), uma parceria para recapear 90...

SP realiza 1ª Virada ODS com foco em entreter munícipes com desenvolvimento sustentável

Atividades têm o objetivo popularizar a importância das metas sustentáveis da ONU Nos próximos dias 8, 9 e 10 de julho, a Prefeitura realizará a...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui