No menu items!
15.2 C
São Paulo
segunda-feira, 27 maio, 2024

Covid pode disparar anticorpos que causam trombose e complicações

Pesquisa da USP aponta que idosos são mais suscetíveis à infecção


Estudo publicado na quinta-feira (24), em revista do grupo Nature, revela que a infecção causada pelo vírus SARS-CoV-2 pode disparar a produção de autoanticorpos – moléculas relacionadas, entre outros fatores, às doenças autoimunes. O achado explica por que os idosos tendem a ser mais suscetíveis à COVID-19 e o motivo de a forma grave da doença estar relacionada com distúrbios de coagulação sanguínea, como trombose.

“A descoberta abre caminho para entendermos uma série de eventos patológicos decorrentes da COVID-19, que vão desde a perda de memória até a morte súbita por trombose de maior dimensão. A hiperinflamação característica da COVID-19 grave e o aumento dos autoanticorpos geram o trombo e, por consequência, a necessidade de reconstruir tecido e de recrutar uma cascata de coagulação. Trombose e inflamação são dois eventos imunológicos intimamente ligados e o nosso estudo é mais um a confirmar essa importante relação”, afirma Otávio Cabral-Marques, professor da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FM-USP).

Para chegar a essas conclusões, os pesquisadores analisaram dados referentes a autoanticorpos de 159 pacientes com COVID-19 que apresentavam diferentes graus de gravidade: 71 tinham doença leve, 61 moderada e 27 grave. Também foram analisadas amostras de 73 indivíduos saudáveis, que serviram como controle.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

Últimas

Doença Inflamatória Intestinal: médica fala sobre principais sintomas e tratamentos

Biossimilares são fundamentais para ampliação do acesso a tratamentos de qualidade O Dia Mundial da Doença Inflamatória Intestinal (DII), celebrado em 19 de maio, marca...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui