No menu items!
21.6 C
São Paulo
quarta-feira, 17 abril, 2024

Como reduzir o desperdício de alimentos no Brasil com uma logística eficiente

No Brasil, o desperdício de alimentos em restaurantes é estimado em cerca de 6 mil toneladas por ano


No bilionário cenário do agronegócio, a trajetória dos alimentos é permeada por desafios logísticos e, cada vez mais,  soluções tecnológicas inovadoras. Para se ter uma ideia da importância dessa cadeia de distribuição, dados do IBGE mostram que foram produzidas mais de 318,1 milhões de toneladas de alimentos no Brasil em 2023, destacando o país como um dos principais produtores de alimentos do mundo.

A grande questão é que para os produtos chegarem até as mesas dos lares e restaurantes é preciso de um esquema logístico eficiente e moderno. Os dados da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (ABIA) comprovam. Com mais de 1,5 milhão de estabelecimentos espalhados pelo país e um movimento estimado em R$ 220 bilhões somente neste ano, o setor de food service é vital para a economia brasileira, mas ainda é campeão em desperdícios.

De acordo com um estudo da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), o desperdício de comida em restaurantes representa cerca de 10% do total de alimentos produzidos no mundo.

A logística da entrega de alimentos do campo à mesa abrange três estágios cruciais: a produção,  a armazenagem e a distribuição. E é nessa jornada que se encontram os grandes desafios.  De acordo com a FAO, as perdas e desperdícios no Brasil são estimados em cerca de 40% de toda a produção alimentar, sendo causados por fatores como danos na produção, armazenamento inadequado e problemas no transporte.

No panorama do agronegócio brasileiro, a ascensão do uso de tecnologia se destaca como uma resposta dinâmica a estes desafios contemporâneos. O setor tem testemunhado um crescimento no emprego de soluções inovadoras para abordar questões cruciais relacionadas à produtividade, sustentabilidade e segurança alimentar.

Ao utilizar Inteligência Artificial (IA) para otimizar rotas de transporte, prever a demanda e reduzir as perdas, o uso da tecnologia tem se mostrado vantajoso para as duas pontas do negócio.

O setor de food service  tem um papel vital na economia, e é nesse contexto que a eficiência logística se torna imperativa. A revolução tecnológica não está apenas em levar os alimentos até as mesas, mas também criar um futuro mais sustentável para a indústria alimentícia.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

Últimas

Capital conta com atividades de empreendedorismo nos coworkings da Prefeitura

A rede Teia oferecerá durante todo o mês palestras,...

IR 2024: aplicativos falsos podem roubar dados de contribuintes

Receita Federal alerta sobre malwares e especialistas dão dicas...

Passageiros de SP pagam tarifa mais barata com Cartão Fidelidade; veja como funciona

Com o bilhete, que pode ser adquirido nas postos...

Capital conta com atividades de empreendedorismo nos coworkings da Prefeitura

A rede Teia oferecerá durante todo o mês palestras, cursos, oficinas e diversas outras ações gratuitas para a população Os Teias estão com nova programação...

IR 2024: aplicativos falsos podem roubar dados de contribuintes

Receita Federal alerta sobre malwares e especialistas dão dicas de como evitar cair em golpes Com o início da temporada de declaração do Imposto de...

Passageiros de SP pagam tarifa mais barata com Cartão Fidelidade; veja como funciona

Com o bilhete, que pode ser adquirido nas postos de atendimento, é possível economizar até R$ 0,66 por viagem Os passageiros que utilizam o transporte...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui