No menu items!
27.5 C
São Paulo
quarta-feira, 12 junho, 2024

Benefícios e cuidados para musculação na terceira idade

Musculação sem dúvidas é benéfica para todas as pessoas que já têm uma idade avançada, no entanto é bom tomar alguns cuidados com o corpo


A musculação na terceira idade ajuda muito as pessoas que querem ter um envelhecimento saudável, pois preserva a independência funcional e interrompe os declínos das fibras musculares que encolhem em número e tamanho (causando atrofia) deixando-as menos sensíveis às mensagens do sistema nervoso central, além de vários outros benefícios que citaremos. Portanto, é preciso estar consciente que apesar de saudável, é preciso estar atento a alguns problemas que podem surgir devido à algumas dificuldades adquiridas pelo corpo devido a idade, e devem ser tratados para que não evoluam para algo pior.

Ao nos referirmos sobre longevidade, estamos também nos referirmos a viver mais com qualidade, e não meramente aumentarmos nosso tempo de vida. Temos que viver nosso limite de idade tirando máximo proveito.

Para idosos que estão com problemas de excesso de peso devido ao sedentarismo e alimentação não saudável por exemplo, é importante que procure exercícios. A questão emocional também é beneficiada, pois com o bem-estar em ordem, eleva-se a autoestima.

Outros benefícios incluem a melhora do equilíbrio (correndo menos risco de quedas); combate à sarcopenia (perda muscular devido ao envelhecimento); prevenção de doenças musculoesqueléticas; metabólicas; ósseas; cardiovasculares; do sistema nervoso central; mentais; respiratórias; alívio das dores e melhora do sistema imunológico.

Além disso, a prática de exercícios reduz os sinais de envelhecimento no nível celular, ajudando a pessoa a se sentir mais jovem

Cuidados

Para que não desenvolvam problemas enquanto mantém a rotina de exercícios, é necessário que os treinos tenham acompanhamento de um personal trainer, pois este irá elaborar e supervisionar cada indivíduo de acordo com o histórico clínico e necessidade de cada um. Também é imprescindível uma boa alimentação, com dieta balanceada e uma boa hidratação.

Antes de iniciar a rotina de exercícios, é necessário procurar um médico para avaliar se não haverá alguma restrição. Além de aumentar a flexibilidade, alongamentos são importantes para se evitar desconfortos e lesões. Aquecer os músculos no início dos treinos também é importante, assim como fazer exercícios de relaxamento ao finalizar.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

Últimas

Esclerose Múltipla: Diversidade de sintomas iniciais pode dificultar diagnóstico

Doença não é fator limitante para projetos pessoais e...

Escola Politécnica desenvolve chipset inovador para Internet das Coisas

Dispositivo coloca o Brasil na mesma página da tecnologia...

Esclerose Múltipla: Diversidade de sintomas iniciais pode dificultar diagnóstico

Doença não é fator limitante para projetos pessoais e profissionais, incluindo a gravidez A Esclerose Múltipla (EM) é uma doença autoimune e neurodegenerativa, que afeta...

ARTIGO | Dia Mundial do Meio Ambiente: Restauração de terras, desertificação e resiliência à seca

A iniciativa Nutrientes para a Vida se une, nesse dia 5 de junho, a milhões de pessoas em todo o mundo para celebrar o...

Escola Politécnica desenvolve chipset inovador para Internet das Coisas

Dispositivo coloca o Brasil na mesma página da tecnologia global, de acordo com o Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação A USP anunciou um chipset...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui