Projeto Colhendo Livros espalha livros para serem “colhidos” pelos visitantes dos Centros Culturais

0
16

Iniciativa de doação de livros da Secretaria Municipal de Cultura acontece em maio nos centros culturais da Penha, Vila Formosa e da Diversidade


Pensando em incentivar a circulação de livros e estimular a leitura, a Secretaria Municipal de Cultura (SMC) apresenta o projeto de doação de livros Colhendo Livros. Por meio de uma proposta lúdica e descontraída de instalação, na qual os títulos são dispostos através de suspensão pelo espaço, cria-se um ambiente onde o público possa transitar, observar e então colher a história mais compatível com seus interesses e levar para casa. Em maio, a ação chega ao Centro Cultural da Penha, Centro Cultural Vila Formosa e Centro Cultural da Diversidade – em junho, ela continua em outros espaços da SMC.

Tendo em vista o atual cenário de distanciamento social e as normas de segurança e de prevenção à Covid-19, todos os materiais usados no projeto serão devidamente higienizados. Os livros disponíveis na “colheita” estarão expostos em embalagens plásticas para que se mantenham protegidos. A ideia é “plantar” por volta de 40 livros e, ao longo da semana de instalação, serem feitas reposições com novos títulos, a depender do fluxo de colheita. As obras selecionadas são escolhidas de acordo com o estilo do espaço cultural onde acontece a ação e todas são fruto de doações de livros feitas pelas bibliotecas dos próprios centros culturais.

A semente do projeto foi plantada em 2019, quando uma edição piloto aconteceu no Centro Cultural Penha, a partir da ideia das produtoras culturais do espaço Rafaela Ribas e Victória Alves. Uma das motivações fundamentais da ideia era a circulação dos livros que eram doados às bibliotecas pelo público. Através das observações dos Jovens Monitores do espaço, dispor os livros com um aviso de que estavam disponíveis para doação nem sempre conseguia instigar o público a se aproximar, mas sempre que havia alguma ação mais descontraída que, de alguma forma, quebrasse a relação de formalidade com o espaço, constatou-se que os visitantes se engajavam mais.

Programação Maio

Centro Cultural Penha

formato: presencial com 20% da capacidade
Data: até 16/05 | às 14h00
classificação indicativa: Livre | duração: 120 minutos

  • Centro Cultural Vila Formosa

formato: presencial com 25% da capacidade
data: de 17 a 23/05 | às 14h
classificação indicativa: Livre | duração: 120 minutos

  • Centro Cultural da Diversidade

formato da apresentação: presencial com 25% da capacidade
data: 25/05 no CCJ | às 14h
classificação indicativa: Livre | duração: 120 minutos

Programação Junho

Centro Cultural do Grajaú: de 2 a 6/06

Centro Cultural da Diversidade: de 10 a 19/06

Centro de Culturas Negras: de 20 a 27/06


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.