Programa estadual começa a oferecer atendimento psicológico para a população

0
11

O Programa Autoestima, criado pelo Governo de SP, começou a ofertar acolhimento psicológico virtual, já que, neste período de pandemia, as pessoas passaram a lidar com muitos problemas: luto, desemprego, fome, ansiedade, isolamento social. Na capital paulista, a procura por atendimento mental cresceu 116% em 12 meses, durante a pandemia da Covid-19


De acordo com a Associação Brasileira de Psiquiatria, houve um aumento de 82% no número de novos casos de transtornos mentais, registrados em consultórios particulares, entre os meses de agosto e novembro de 2020.

Na rede pública, a Prefeitura estima que o atendimento mental cresceu 116% em 12 meses, durante a pandemia da Covid-19. Nos 95 Centros de Atenção Psicossocial (Caps) da cidade de São Paulo, a procura por atendimento mental foi muito maior: de 24 mil em setembro de 2019 para 52 mil em outubro de 2020.

A Secretaria Municipal de Saúde, no entanto, afirma que não é possível comprovar que o aumento da procura por atendimento mental tenha relação com a pandemia.

Os indícios, no entanto, apontam que sim: a maioria da população tem sofrido com estresse, ansiedade e ataques de pânico por causa do distanciamento social e do crescente número de mortos, além do luto que muitas famílias têm vivido.

Por isso, o Governo de São Paulo começou a ofertar acolhimento psicológico virtual através do Programa Autoestima, lançado ainda em 2020.

Plataforma de agendamento

Para receber o atendimento, o munícipe preenche um cadastro e responde um questionário. Então, tem acesso a plataforma onde pode agendar dia e horário com um profissional de Psicologia.

“Todos os casos estão sob supervisão profissional e, se for identificado algum quadro mais grave, o paciente é redirecionado para continuidade de assistência especializada na rede púbica de saúde. Essa plataforma online tem o objetivo de fortalecer e expandir o alcance e acolhimento em Saúde Mental por meio do SUS”, informou o Governo de SP.

Caso a pessoa queira dar continuidade ao atendimento, a próxima consulta fica agendada para o mesmo dia da semana, no mesmo horário e com o mesmo profissional.

O Programa Autoestima também oferece cursos de aperfeiçoamento, como: “O Luto: reflexões e enfrentamento em período da pandemia por Covid-19”, “Covid-19 e os primeiros cuidados psicológicos”, “Escuta oportuna como cuidado em saúde mental na situação de pandemia”, entre outros.

Mais informações: http://autoestima.sp.gov.br/


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.