Primeiras telhas solares produzidas no Brasil são instaladas em São Paulo

0
13

As telhas podem produzir 400 kWh por mês, economizando cerca de R$ 300 na conta de energia. Além de economizar na conta de luz, o principal benefício da telha solar é em relação ao meio ambiente


Duas casas no Estado de São Paulo são as primeiras a receberem telhas solares produzidas no Brasil. O dispositivo pode produzir 400 kWh por mês, economizando cerca de R$ 300 na conta de energia.

Localizadas nas cidades de São Bento de Sapucaí e Campos do Jordão, as telhas das casas são de um modelo feito com concreto e tem células fotovoltaicas acopladas a elas, produzindo 9,16 watts com dimensão de 36,5 por 47,5 mm.  

De acordo com a fabricante, “a partir da captura de energia solar durante o dia, considerando a irradiação solar da região e a orientação do telhado leste oeste, será possível economizar até R$ 300,00 na conta de energia. Se houver, o excedente é injetado na rede para consumo à noite”, explicou o gerente de desenvolvimento de negócios da Eternit, Luiz Antonio Lopes.

Mas, no momento não há expectativa das telhas chegarem ao mercado. As duas casas fazem parte de um projeto piloto da empresa, assim como outro é realizado na Universidade Federal de Santa Catarina.

O Inmetro já aprovou o modelo das telhas, que têm nome: Tégula Solar. Para integrar a linha fotovoltaica da marca, a Eternit está desenvolvendo outro modelo. “Por ser o tipo de telha de maior utilização nos estabelecimentos do país e com o custo mais acessível, poderemos oferecer a possibilidade de adesão à energia solar a uma grande parcela da população brasileira, popularizando esse acesso”, explica o representante da empresa.

A meta da empresa é comercializar as telhas solares no final do 1º semestre de 2021.

Além de economizar na conta de luz, o principal benefício da telha solar é em relação ao meio ambiente. Como vem do sol, é uma energia renovável e limpa, ou seja, não emite poluentes na atmosfera. Também aquece a água de maneira natural.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.