Prefeitura procura pessoas que não voltaram para tomar 2ª dose da vacina contra a Covid-19

0
8

Mais de 81 mil pessoas não receberam a segunda aplicação do imunizante contra a Covid-19 na capital. Quem tomou a primeira dose precisa tomar a segunda para ficar resguardado. A vacinação com os imunizantes utilizados na cidade de São Paulo – Coronavac, do Instituto Butantan, e a vacina de Oxford / AstraZeneca, da Fiocruz – ocorre em duas doses


Enquanto avança a vacinação contra a Covid-19 para os grupos prioritários na cidade de São Paulo, agentes de saúde fazem uma busca ativa para encontrar as mais de 81 mil pessoas que deixaram de tomar a segunda dose da vacina na capital. Segundo a Secretaria da Saúde (SMS), 81.062 pessoas não completaram a imunização.

Quem tomou a primeira dose da vacina contra a Covid-19 precisa tomar a segunda para ficar resguardado. A vacinação com os imunizantes utilizados na cidade de São Paulo – Coronavac, do Instituto Butantan, e a vacina de Oxford / AstraZeneca, da Fiocruz – ocorre em duas doses. É este o esquema vacinal dos dois imunizantes disponíveis.

Entre os motivos elencados para a ausência na segunda dose, podem ser desde uma mudança de endereço, a espera por um acompanhante para ir ao local de vacinação e até mesmo um esquecimento.

Para fazer a busca, a SMS extrai do sistema Vacivida a relação de pessoas que ainda não receberam a segunda dose do imunizante e, a partir do cruzamento de informações entre o endereço do munícipe e a UBS mais próxima dele, os agentes de saúde da unidade entram em contato com as pessoas para orientá-las sobre a importância da vacinação correta e verificar os motivos da abstenção.

Os sistema VaciVida já faz a comunicação via celular quando chega a hora de tomar a segunda dose. O intervalo entre uma aplicação e outra é de 21 a 28 dias para a Coronavac e de 12 semanas ou 84 dias para a vacina da Oxford / AstraZeneca / FioCruz, também chamada AZD1222 ou Covishield, conforme estiver grafado no comprovante de vacinação.

Cuidados devem ser mantidos após a vacina

Mesmo as pessoas que já tomaram a vacina contra a Covid-19, seja a primeira ou as duas doses, não estão dispensadas dos cuidados individuais e coletivos preconizados para evitar contaminações pelo coronavírus.

As medidas de higiene e distanciamento são necessárias até que a maior parte da população tenha recebido as duas doses da vacina, produza anticorpos e se torne imune à doença.

SERVIÇO – VACINAÇÃO CONTRA A COVID-19 NA CAPITAL

468 Unidades Básicas de Saúde (UBS)
De segunda a sexta, das 7h às 19h.
Os endereços das unidades básicas de saúde podem ser acessados por esta lista ou pela ferramenta Busca Saúde.

AMAS/UBS Integradas
De segunda a sábado, inclusive feriados, das 7h às 19h.
Veja aqui a lista com os endereços dessas unidades.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.