Plataforma une pedidos de ajuda a doadores que podem fiscalizar doações

1
193

Criada para ajudar quem está com dificuldades financeiras na pandemia, a “Grande Ajuda”, permite que a pessoa conte a sua história a fim de que um “anjo” doe dinheiro para comprar alimentos e remédios, pagar o aluguel ou dívidas, por exemplo. Através dos extratos de pagamentos, o doador pode analisar se o dinheiro foi gasto corretamente


  1. Cadastre-se
  2. Conte a sua história.
  3. Compartilhe no Facebook e WhatsApp.
  4. Encontre um Anjo Doador.

Esses são os quatro passos que a plataforma Grande Ajuda indica para pessoas que precisam de ajuda financeira neste momento de pandemia, seja para comprar alimentos e remédios, pagar o aluguel ou dívidas, por exemplo.

De acordo com a plataforma, a diferença entre a Grande Ajuda e outros sites de crowdfunding é que na Grande Ajuda os doadores podem supervisionar os gastos realizados pela pessoa ajudada. “Eu pensei que muita gente quer ajudar, mas as vezes não tem confiança sobre o destino do dinheiro. Então, nosso primeiro diferencial é que o modelo permite fiscalizar essa destinação. Se o doador vê que o dinheiro foi gasto em um lugar que não tem nada a ver com o pedido de ajuda, da próxima vez, pode doar para outra pessoa”, explica o empresário Luciano Samarco, criador da plataforma.

Na Grande Ajuda, então, a pessoa se cadastra e conta sua história e necessidades mais urgentes. Um “anjo” doa um valor, que cai na conta em até três dias úteis. O usuário tem a opção de pagar contas por boleto direto da plataforma ou pedir um cartão pré-pago, que tem um limite de R$ 5 mil mensal.

A plataforma tem o controle do que foi gasto pelo usuário e o doador pode analisar o extrato dos gastos a qualquer momento. Para estimular o comércio local, a plataforma indica que os produtos sejam comprados no bairro.

“O nosso objetivo é simplificar a forma como as pessoas que precisam de ajuda têm acesso aos valores doados. Por exemplo: uma pessoa está pedindo R$1000 para pagar contas e comprar alimentos e um doador faz uma contribuição de R$100. Esse valor já fica disponível no saldo do usuário, que pode tanto aguardar para resgatar o valor completo quanto já utilizar os 100 reais para pagar uma conta ou fazer as compras necessárias”, afirma Luciano Samarco.

Para pedir ajuda ou ajudar, basta se cadastrar no site: https://grandeajuda.digital/


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

1 COMENTÁRIO

  1. Eu na verdade estou precisando de ajuda com uma certa urgência por que eu e meus pais moramos de favor na casa de um parente 😞 estamos passando por problemas de dificuldades financeiras e meu pai está desempregado , tenho uma filha que precisa de leite Aptamil que e prescrito pelo médico dela pois ela nasceu prematura de seis meses , eu perdi meu marido em um acidente já faz 1 ano e 3 meses , estamos sem quase nada para comer .

Deixe uma resposta para Shirley da Silva timote Cancelar resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.