Pesquisadores desenvolvem app que corrige redações de vestibulares

0
24

A correção inclui a identificação de erros gramaticais, de pontuação, digitação e concordância. O app foi criado a partir de uma base de 100 mil redações, corrigidas e pontuadas por professores que seguiram os moldes da avaliação do Enem


Todos os anos é a mesma coisa: milhares de alunos disputam uma vaga na Universidade e, para isso, fazem várias provas de vestibulares.

O calendário de estudos inclui fazer muitas redações, já que o texto é uma das principais avaliações pontuadas no vestibular. Mas, e quando você faz a redação e não sabe se o texto é bom ou se está correto?

Para ajudar um pouco nesse processo de correção, pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP), em São Carlos, criaram um aplicativo que faz a correção automática das redações. A correção inclui a identificação de erros gramaticais, de pontuação, digitação e concordância.

O app é fruto de um projeto de iniciação científica de Gabriel Nogueira, aluno do curso de Ciências da Computação no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC). “A ferramenta foi criada a partir de uma base de 100 mil redações da empresa Letrus, que foram corrigidas e pontuadas por professores seguindo os moldes da avaliação do Enem. A partir dos critérios utilizados por esses professores, o sistema inteligente aprendeu quais aspectos precisam ser levados em conta em uma correção e como estabelecer uma nota”, explicou Gabriel.

O app, intitulado de Corretor Inteligente de Redações Automático (CIRA) está disponível em smartphones com sistema Android e funciona de maneira fácil: basta baixar o app, acessar o site do CIRA, digitalizar a redação e submetê-la ao app.

Então, o usuário é apresentado a uma tela de resultados, onde são atribuídas notas e estatísticas sobre o texto, como o número de palavras, por exemplo. Se houver erros, aparecem em vermelho com as informações e sugestões de correção.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.