Para preservar o meio ambiente, empresa instala coletores de bitucas de cigarro em fábricas

0
13

Além de fazer mal a saúde, o hábito de fumar também faz mal ao meio ambiente por causa das bitucas de cigarro. Cerca de 95% dos filtros de cigarro têm acetato de celulose, uma material que pode demorar 15 anos para se decompor


De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o tabagismo é considerado um problema de saúde pública. Todos os anos, cerca de 200 mil pessoas morrem no Brasil por causa do cigarro e esse número sobe para 4,9 milhões de pessoas em perspectiva mundial.

Essas mortes acontecem porque o cigarro contém mais de 4.700 substâncias tóxicas, inclusive cancerígenas. O hábito de fumar eleva a pressão sanguínea e a frequência cardíaca, causa doenças cardiovasculares, respiratórias e câncer.

Além de fazer mal a saúde, o hábito de fumar também faz mal ao meio ambiente por causa das bitucas de cigarro. Segundo a ONG Mundo SEM Bitucas, cerca de 60% dos fumantes tem o costume de jogar a bituca de cigarro na rua depois de fumar.
Além de deixar a cidade suja e entupir bueiros e canos, a maioria dos fumantes não sabe é que 95% dos filtros de cigarro têm acetato de celulose, uma material que pode demorar 15 anos para se decompor.

Para mudar esse costume, a empresa Lorenzetti fez uma parceria com a empresa Poiato Recicla, que faz reciclagem de resíduos de cigarro. Com a parceria, a Lorenzetti instalou coletores de bitucas de cigarro no entorno das sua unidades fabris na cidade de São Paulo.

“A partir desta iniciativa, a empresa já recolheu mais de 70 mil bitucas nos últimos cinco anos, ou seja, mais de 40 kg deste resíduo tóxico e poluente foi tratado adequadamente”, informou a Lorenzetti.

Após a coleta, as bitucas são recicladas e transformadas em papel artesanal, servindo de matéria-prima em empresas e cooperativas que utilizam tecnologia 100% nacional. “A iniciativa, além de fazer intervenções educativas e socioambientais, gera empregos e renda a partir dos resíduos coletados”, reitera a Lorenzetti.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.