Estudo preliminar revela que vacina Coronavac é eficaz contra variante brasileira do coronavírus

0
9

Para o estudo, foi utilizado amostras de sangue de pessoas já vacinadas com a Coronavac e que também foram testadas contra a variante. Na última segunda-feira (8), o Governo de SP anunciou que liberou mais 1,7 milhão de doses da vacina Coronavac para o Ministério da Saúde, através do Programa Nacional de Imunizações


Um estudo preliminar realizado pelo Instituto Butantan sugeriu que a vacina Coronavac, produzida pelo Instituto em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac, é eficaz contra a variante do coronavírus encontrada em Manaus e chamada de P1. A informação foi revelada pela Agência Reuters por uma fonte que teve acesso ao estudo.

Para o estudo, foi utilizado amostras de sangue de pessoas já vacinadas com a Coronavac e que também foram testadas contra a variante. Anteriormente, o presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, disse que a Coronavac teve resultados “muito positivos” nos testes realizados na China contra as variantes britânica e sul-africana da Covid-19.

A vacina do laboratório AstraZeneca, feita em parceria com a Universidade de Oxford, também se revelou eficaz contra a variante de Manaus. No caso da Astrazeneca, a informação foi confirmada pelo diretor do Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos Bio-Manguinhos, ligado a Fundação Oswaldo Cruz.

Na última segunda-feira (8), o Governo de SP anunciou que liberou mais 1,7 milhão de doses da vacina Coronavac para o Ministério da Saúde, através do Programa Nacional de Imunizações (PNI). Esse novo carregamento totaliza 16,1 milhões de doses que começaram a ser entregues em janeiro.

“A produção da vacina segue em ritmo constante e acelerado. Na última quinta-feira (4), uma remessa de 8,2 mil litros de Insumo Farmacêutico Ativo (IFA), correspondente a cerca de 14 milhões de doses, desembarcou em São Paulo para serem envasados, rotulados e embalados no instituto. Até o final de março serão entregues 21 milhões de doses da vacina – 17% a mais do que o previsto inicialmente – e, até 30 de abril, o número de vacinas disponibilizadas ao PNI somará 46 milhões. O Butantan ainda trabalha para entregar outras 54 milhões de doses para vacinação dos brasileiros até 30 de agosto”.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.