Estado de SP ganha sua 1ª usina de geração de energia solar

0
6

Com potencial para gerar 1,9 milhão de quilowatt-hora, por ano, e capacidade de 1 megawatt, a 1ª Usina Fotovoltaica do Programa de Geração Distribuída da Sabesp vai abastecer 780 residências, ou seja, 44% da população da cidade de Orindiúva


A cidade de Orindiúva, no interior paulista, é a sede da 1ª Usina Fotovoltaica do Programa de Geração Distribuída da Sabesp. Com potencial para gerar 1,9 milhão de quilowatt-hora (kWh), por ano, e capacidade de 1 megawatt (MW), a usina vai abastecer 780 residências, ou seja, 44% da população da cidade.

O município foi escolhido graças ao índice de irradiação solar local, já que a média anual é superior a 5,0 kWh/m²/dia.

“Com esse exemplo da usina fotovoltaica, nós estamos trabalhando dentro da renovação da nossa matriz energética, de trazer energia renovável, energia limpa, gerando menos poluição, menos emissão de carbono e trazendo eficiência no gasto público”, disse Marcos Penido, secretário estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente.

A usina de Orindiúva vai produzir energia para compensar créditos com consumo da eletricidade que a Sabesp utiliza para fazer operações de água e esgoto na região.

De acordo com o Governo do Estado, o Programa de Geração de Energia Fotovoltaica por Geração Distribuída tem investimentos de R$ 250 milhões e há a previsão de implantar 33 usinas fotovoltaicas nas áreas da Sabesp. “Com potência entre 1 a 4 MW, as unidades totalizarão cerca de 73 (megawatt-pico) de potência instalada. O programa reafirma o compromisso da Sabesp pelo caminho da sustentabilidade ambiental, investindo na geração de energia a partir de fontes renováveis”, explica o Governo.

A previsão é que a Sabesp economize R$ 50 milhões por ano com gastos energéticos, já que a energia gerada vai suprir 4,5% de toda a energia consumida pela Sabesp.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.