Empresas de transporte de SP utilizam água de reuso para limpeza de ônibus e trens

0
28

O Metrô, a CPTM, a ViaQuatro e a concessionária Metra têm sistemas para captar água da chuva e então fazer a higiene dos veículos que transportam milhares de pessoas todos os dias na capital paulista


A água é um bem finito. Apesar de muitas pessoas gastarem água indiscriminadamente, há muitas populações ao redor do mundo que sofrem com a escassez de água. Portanto, economizar água é importante para que não falte.

E a economia de água é essencial em todos os setores. Segundo a Secretaria dos Transportes Metropolitanos (STM) do Estado de São Paulo, todas as empresas ligadas a pasta realizam ações para valorizar a água.

Um exemplo é o Metrô que coleta água da chuva e a utiliza para lavar os trechos subterrâneos de suas linhas. Todos os dias, então, dois veículos chamados de “pipa” utilizam 35 mil litros de água de reuso (cada um) para fazer a higiene das linhas frequentadas por milhares de paulistanos.

Já a ViaQuatro, empresa que faz a operação da Linha 4-Amarela do metrô, também utiliza água de reuso para a lavagem externa dos trens e limpeza dos terminais de ônibus anexos às estações São Paulo-Morumbi e Butantã. Além disso, a concessionária construiu uma Estação de Tratamento de Água de poço artesiano no Pátio Vila Sônia para abastecer as 10 estações com água potável.

As 21 estações da CPTM e o pátio Lapa também são limpas com água da chuva.

Em apenas 12 meses, a concessionária Metra, responsável pela operação do Corredor Metropolitano ABD, conseguiu economizar 10 milhões de litros com o sistema de água de reuso, que foi criado em 2008. Para lavar os 270 ônibus e trólebus que percorrem o ABC paulista, a empresa utiliza água captada de um poço artesanal.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.