Em meio à falta de coletas, Rotary Clubs lançam campanha para doação de sangue em SP

0
9

Com queda de doadores durante a pandemia, ação visa reforçar estoques do sistema de saúde. Meta é superar 700 bolsas que beneficiarão até 2,8 mil pessoas


Com a campanha “Doe Sangue, Salve Vidas”, o Rotary Club iniciou a ação na região Oeste da Grande São Paulo. A mobilização, que já acontece anualmente desde 2014, desta vez, une esforços de diversas unidades da entidade internacional para ampliar o alcance geográfico e conseguir mais doações. Com a participação dos Rotary Clubs de Barueri-Alphaville, Barueri-Tamboré, Carapicuíba, Osasco, Jandira-Santana de Parnaíba-Aldeia da Serra e Barueri-Centro Comercial Alphaville, o objetivo é reforçar os estoques do sistema de saúde, quase esgotados por causa do agravamento da pandemia do novo coronavírus.

“Este é um momento de empatia, solidariedade, apoio e cuidado com o próximo. Com o aumento diário das internações, a demanda por sangue e derivados também sobe e as reservas precisam ser continuamente reabastecidas. Doar sangue é uma ação simples, mas um ato de amor que salva vidas”, afirma Celso Luiz Tracco, presidente do Rotary Club de Barueri-Alphaville.

De acordo com a Fundação Pró-Sangue, os tipos sanguíneos O+ e O-, além do A-, estão em falta em São Paulo. Já os estoques dos tipos A+ e B- estão entrando em nível de alerta. “A meta é superar 700 bolsas de sangue, beneficiando até 2,8 mil pessoas”, complementa Tracco.

A unidade externa que transportará os equipamentos de coleta percorrerá os municípios em datas já determinadas, junto com a equipe e com o veículo do Hemocentro São Lucas, instituição que tradicionalmente se dispõe a apoiar as campanhas anuais do Rotary Club. Toda a estrutura apropriada para as coletas será montada em cada local de atendimento.

A capacidade de atendimento será de 18 pessoas por hora, para manter o distanciamento e a segurança de todos. Cada coleta durará, em média, 20 minutos, e para evitar filas e eventual risco de aglomerações, serão distribuídas senhas. Cada bolsa de sangue obtida será posteriormente examinada e tratada no Hemocentro São Lucas Terapia Celular. Após, passará por separação em quatro componentes que permitem usos em diferentes necessidades.

Jandira será o primeiro município a receber a equipe preparada para atender doadores voluntários, no Condomínio Nova Higienópolis. Carapicuíba, Barueri e Santana de Parnaíba, incluindo Alphaville, Tamboré e Aldeia da Serra, serão os próximos locais na programação, que segue até julho próximo.

Protocolos e cuidados

Os profissionais de saúde que atenderão os doadores estão treinados para atuar dentro das mais rigorosas regras sanitárias de segurança – incluindo protocolos contra a Covid-19.

As coletas ocorrerão sempre das 9h às 14h, e o atendimento será por ordem de chegada. Quem se dispor a participar, passará por um cadastramento, incluindo uma triagem inicial, seguida de entrevista médica (anamnese), para verificação do estado geral de saúde e demais requisitos.

Locais e datas de coleta

• 22/5 – Instituto São José /Jandira
Rua Dep. José Costa, 77 – Centro | Tel.: (11) 4707-4371

• 26/5 – Sede do Rotary Club Carapicuíba
Av. Sandra Maria, 501 – Jardim das Belezas | Tel.: (11) 99370-9520.

• 28/5 – Igreja Batista Memorial Alphaville
Av. Tamboré, 1.603/1.511 – Barueri | Tel.: (11) 4195-4645 / (11) 97411-1896.

• 4/6 e 5/6 – Parque Shopping Barueri
Rua General de Divisão Pedro Rodrigues da Silva, 400 – Aldeia de Barueri | Tel.: (11) 97415-8578.

• 17/7 – Alpha Shopping / Alphaville
Alameda Rio Negro, 1.033 | Tel.: (11) 97415-8578

• 2º semestre – Osasco, local e data a definir.
Tel.: (11) 99515-0191, com Carlos Alberto.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

- Patrocinado -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.