Em 10 anos, empresa reduz em 54% consumo de água em fábricas brasileiras

0
23

Além da eficiente economia no Brasil, a Unilever conseguiu atingir a meta de reduzir em 40% a extração de água de sua rede global de fábricas e agora quer, até 2030, transformar as fórmulas dos produtos para que sejam 100% biodegradáveis


Em 2010, a Unilever estabeleceu uma meta para os seus negócios: reduzir em 40%, até 2020, a extração de água de sua rede global de fábricas. A meta foi batida em 2018.

Em 2020, então, a empresa conseguiu diminuir em 49% o consumo de água por tonelada de produção nas fábricas da empresa em todo o mundo. Mas no Brasil, o resultado foi ainda melhor: um economia de 54% nos últimos 10 anos.

Essa economia de água da Unilever e de outras empresas é importante para todo o planeta, já que, há regiões o mundo, como na África, onde a escassez de água é real e afeta negativamente a vida de muitas populações.

“Fechamos um ciclo em 2020 após 10 anos do nosso plano de sustentabilidade, tivemos resultados muito positivos e muitos aprendizados. Mas a jornada para alcançar nosso propósito de tornar uma vida sustentável parte do dia a dia das pessoas segue forte. Temos consciência de que nossos funcionários, consumidores, clientes, fornecedores e parceiros esperam cada vez mais de nós e que podemos liderar um movimento verdadeiramente transformador e que impacte positivamente a sociedade e o planeta. Por isso buscamos, diariamente, ser melhores, mais ousados ​​e mais rápidos”, afirma Marina Yoko, gerente de sustentabilidade para as fábricas.

Apesar das várias metas atingidas, a empresa segue em seu objetivo de expandir o conceito de sustentabilidade e, para 2030, pretende transformar as fórmulas dos produtos para que sejam 100% biodegradáveis. Além disso, a empresa também quer reaproveitar a água das estações de tratamento de efluentes, para não mais descartá-la em corpos hídricos.

“Reduzir o consumo, reutilizar e preservar a água são prioridades em todas as unidades da Unilever e, por isso, há um trabalho cirúrgico para eliminar perdas ao longo de todo o processo de fabricação. A companhia utiliza medidores inteligentes que possibilitam localizar, de maneira rápida e digital, oportunidades de melhoria e eventuais vazamentos. Dessa forma, a gestão do recurso se torna ainda mais assertiva e acontece em tempo real. Além disso, desde 2020, foi implantado o projeto ‘Water Squad’ no qual líderes de sustentabilidade de todas as fábricas trabalham em conjunto para estudar a matriz hídrica dos complexos fabris para propor ajustes e aprimoramentos”, explica a empresa.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.