Conselho Nacional de Seguros Privados decide anular cobrança do seguro DPVAT em 2021

0
11

O DPVAT é usado para indenizar vítimas de acidentes de trânsito e, de acordo com o Conselho, ninguém ficará sem indenização porque os valores arrecadados nos últimos anos vão cobrir as indenizações de 2021. No entanto, quem tem dívidas ainda deve quitá-las


Neste ano de 2021, motoristas estão liberados do pagamento do Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores, o DPVAT, após decisão do Conselho Nacional de Seguros Privados.

O DPVAT é usado para indenizar vítimas de acidentes de trânsito e, de acordo com o Conselho, ninguém ficará sem indenização porque os valores arrecadados nos últimos anos vão cobrir as indenizações de 2021. No entanto, quem tem dívidas ainda deve quitá-las.

A cobrança de 2022 ainda será analisada pelo Conselho Nacional de Seguros Privados.

Os valores arrecadados com o DPVAT ficam divididos em:

  • 50% para pagamento de indenizações;
  • 45% para o Ministério da Saúde, que paga o atendimento médico das vítimas;
  • 5% para programas de prevenção de acidentes.

No ano passado, o DPVAT sofreu uma redução de 68% e passou a cobrar R$ 5,23 para carros e R$ 12,30 para motos, numa redução de 86%.

Decretado em 1974, o seguro DPVAT cobre mortes, invalidez permanente e despesas médicas e suplementares por lesões de menor gravidade que foram causadas por acidentes de trânsito.

EM caso de morte, os herdeiros e as vítimas que sobreviveram têm até três anos para dar entrada no seguro.

Mais informações, ligue para: 0800 022 1204.


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.