Campanha busca apoio do setor privado para zerar emissão de carbono até 2050

0
16

A campanha “Race to Zero Brasil” recebe o cadastro de pequenas, médias e grandes empresas, e até de pessoas físicas, que querem aderir a iniciativa para criar uma economia mais sustentável. Entre as vantagens para a empresa estão: reconhecimento pela Organização das Nações Unidas e maior visibilidade junto à comunidade e clientes


A fim de sensibilizar e engajar o setor privado e a sociedade para a redução efetiva da emissão de carbono até 2050, a empresa Klabin, maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil, lançou a campanha “Race to Zero Brasil” ou “Corrida para o Zero”.

Sendo a única representante brasileira a integrar a recém criada COP26 Business Leaders, da Organização das Nações Unidas (ONU), a Klabin pretende liderar a agenda das mudanças climáticas no Brasil.

“A preocupação com o meio ambiente e o compromisso com a sustentabilidade sempre estiveram no centro de nossas discussões. A Klabin foi pioneira no setor de papel e celulose nas Américas a se comprometer com o desenho de metas para a redução de emissão de carbono baseadas na ciência e queremos utilizar todo o nosso conhecimento para fomentar o debate em prol das mudanças climáticas e engajar o maior número de pessoas a realizarem mudanças efetivas”, comenta Cristiano Teixeira, Diretor-Geral da Klabin.

A campanha “Race to Zero Brasil” recebe o cadastro de pequenas, médias e grandes empresas, e até de pessoas físicas, que querem aderir a iniciativa para criar uma economia mais sustentável.

“A Race to Zero busca reduzir pela metade as emissões de gases de efeito estufa até 2030 e zerar as emissões líquidas de carbono até 2050 para evitar o impacto das mudanças climáticas do planeta. Dessa forma, visa ainda impulsionar a mudança em torno de uma economia com emissões reduzidas de carbono antes da COP26 (26ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas), que está marcada para novembro de 2021 e em que os governos têm o objetivo de fortalecer suas contribuições ao Acordo de Paris”, explica a campanha, que informa alguns benefícios para as empresas participantes:

  • Maior vantagem competitiva;
  • Melhor gerenciamento de risco;
  • Operação mais sustentável e redução de custos operacionais;
  • Reconhecimento pela campanha Race to Zero das Nações Unidas;
  • Maior visibilidade junto à comunidade e clientes, fornecedores e parceiros;
  • Papel de destaque na redução de impactos climáticos e danos irreversíveis à sociedade, economia e natureza.

Para aderir à campanha, acesse: https://www.racetozerobrasil.com/


SUGESTÕES DE PAUTA: [email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.